domingo, 22 de janeiro de 2012

8 de Janeiro - 25º Treino Lunar Especial - Volta à Lagoa de Albufeira


Mais um mega empeno para limpar os restos dos exageros das festas. Depois do fantástico treino lunar de Natal tinhamos que aproveitar para subir um pouco a fasquia neste. Aproveitei para fazer uma coisa que já há uns tempos tinha na ideia. Dar a volta à Lagoa de Albufeira.

Desenhado o circuito a olhômetro no Google Maps, dava ideia de ser uma distância simpática. Não íamos partir da Costa porque eram Km's a mais. Assim o local definido foi a Fonte da Telha. Estacionamento perto da GNR, carros em (relativa) segurança e um bom local para o repasto final. Partida às 7h porque o traçado era desconhecido e poderia haver dificuldades e imprevistos. Sempre por trilhos. O Zé cravou o cunhado para fazer um reabastecimento no parque de estacionamento da Lagoa de Albufeira. Só faltava convocar a tropa, tudo estava preparado e planeado ao milímetro (lol).

Estava um frio de rachar e naquela escuridão ninguém reconhecia ninguém. Quando cheguei já havia uns carros por ali. Só podiam ser dos malucos do costume. Ninguém no seu perfeito juízo, a um Domingo, está a estacionar na Fonte da Telha na berma da estrada às 6h50. Lá nos íamos cumprimentando depois de nos reconhecermos, ou era mais vice-versa. Os carros que faltavam iam chegando. Ainda esperámos mais um pouco por um ou outro companheiro que tínhamos quase a certeza que vinha, mas às tantas o relógio e sobretudo o frio venceram-nos. Era preciso começar a correr.


Não vou fazer um relato exaustivo. Para isso temos o filme. Referir apenas os pontos chave. Saímos ainda de noite, sem frontais, quase não se via onde se punha os pés. O percurso inicial correu tal como imaginei. Sempre por corta fogos enormes, num piso fôfo de areia e tufos de plantas. O dia começou de imediato a clarear. No cimo de um morro o nascer do sol deslumbrou-nos. Só por aquela imagem ficou paga a aventura. Seguimos até à entrada da Quinta da Apostiça e daí até à Lagoa. A Lagoa estava magnífica com uma névoa que levantava à medida que o sol aquecia o dia.


Dali para a frente era terreno não cartografado. Contornámos toda a Lagoa que estava com pouca água o que permitiu encurtar a volta. Tinha pensado ir até quase às casas da Apostiça mas não foi preciso. Já do lado de lá da Lagoa, uma vedação da rede Natura obrigou-nos a dar uma volta enorme. Isso e uma ribeira que corre para a Lagoa. Tivemos de ir até à estrada para voltarmos novamente para a Lagoa.

Novamente junto à Lagoa o pinhal e os trilhos são do melhor que há para correr. Zona um pouco já destruída demais pelo pessoal das moto4's.

No parque o cunhado do Zé lá estava com a mesa do reabastecimento. Água, Bolo Rei, chá de limão quentinho (que maravilha) e umas jolas para rebater. Nem nas melhores provas há disto! Um mimo. Um abraço para ele que nos permitiu recuperar energias. O retorno ao carro foi pelo circuito do costume. Cá por cima pela Arriba a unica diferença é que desta vez, fruto da hora, cruzámo-nos com várias pessoas que faziam o caminho inverso. Eu não vi mas houve quem visse inclusivamente um ser de outro planeta apenas de t-shirt.... que visão agoniante... Ele há com cada anorma. Ainda bem que fui poupado.


No final um repasto reconfortante na mesa de picnic mesmo ao pé dos carros. E estava feito o 25º Treino Lunar. Mais uma memória inesquecível. Um abraço ao amigo Silvino Martins que já muito perto do final meteu um pé mal, num buraco, e empenou-se todo. Rápidas melhoras!


O resto das fotos têm de ver no filme. Escolham HD, Full Screen, SOM NO MÁXIMO e vejam se não foi assim mesmo como vos disse. 


5 comentários:

  1. Olá "Gajo" :)

    Antes de mais parabéns pelo blog. Descobri-o há pouco tempo na net e tem sido interessante acompanhar-vos.

    A corrida até à Lagoa pareceu-me muito interessante. Quantos kms fizeram?

    Gosto da vossa recuperação pós treino :) cházito, bolinhos... Já que incluem chás na vossa recuperação sugiro-vos um chá verde com açai e goji. Parece-vos interessante? Procurem na net por Ritual do Chá. É uma loja em Cascais, na Casa da Guia. Tem uma "pequena" amostra que ronda os 130 chás e infusões. Se um dia forem fazer uma corridinha ao Guincho passem por lá.

    Boas corridas e bons relatos,

    Maria

    ResponderEliminar
  2. Olá Maria. Foram 30km. Obrigado pelas suas palavras e pela sugestão do chá.

    ResponderEliminar
  3. Paulo é possível arranjar o track do percurso que fizeram? Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui está o track mas a versão 2.0 vai ser bem melhor.... http://connect.garmin.com/activity/140034572

      Eliminar
    2. Obrigado Paulo! Ficarei atento... ;)

      Eliminar