sábado, 23 de dezembro de 2017

Tudo o que precisam saber para irem ao UTAT


Vejam o vídeo para entrarem no espírito do UTAT. São apenas 2 minutos e vão dar o tempo por bem empregue. Depois leiam o artigo para esclarecer as vossas duvidas. No final, se ainda restar alguma, deixem um comentário ou contactem-me. 

Como se vai?


A partir de Lisboa, o mais rápido é a TAP. Direto e com 2 voos diários, em cerca de 1h45. Depois têm mais opções, quase todas via Madrid. A partir do aeroporto de Marraquexe, a organização assegura tudo o resto



Quanto custa?


O preço da inscrição já contempla o transfer para a montanha, o alojamento, os jantares e os pequenos-almoços dos 4 dias. Para os 2 ou 3 almoços (depende da prova que fizerem) podem recorrer às tascas da aldeia onde, por 5€, comem uma excelente refeição. Não precisam de gastar mais nada, para além do voo e do preço da inscrição.

O valor total depende das vossas opções. A TAP custa cerca de 230€, mas via Madrid podem conseguir por apenas 100€. Claro que é menos confortável, perdem algumas horas nos voos de ligação e o risco de perder voos, principalmente se usarem companhias diferentes, fica por vossa conta.

O preço base da inscrição, 390€, contempla alojamento em tenda e devem levar um bom saco cama para o frio. Por mais 90€ podem optar por ficar alojados nas camaratas do albergue do Clube Alpino Françês (CAF), e basta levar um saco cama light


Que provas existem no UTAT?


A prova rainha são os 105Km com 7000 D+, para quem trata o trail running por tu e tem experiencia comprovada. Necessitam de ter realizado uma prova com mais de 60 Km e 3000 D+ para participar.
Para quem gosta de trail running mas ainda não se aventura em ultra distâncias, existe o Challenge: 42Km 2500 D+ num dia e 26 Km 1500 D+ no dia seguinte. 
Por por fim podem apenas fazer os 42 Km, ou os 26Km, ou mesmo uma pequena volta de 10K.
O preço é idêntico para todas as provas, porque o custo está mais dependente da logística de transporte e alojamento, do que propriamente das provas em si. 
A prova em que se inscrevem tem a ver com a vossa capacidade e forma, mas a aventura única que vão fazer, é acessível a qualquer pessoa. Essa é parte da magia do UTAT. A experiência da alta montanha para todos!


Onde faço a inscrição?


A inscrição terá de ser feita no site da prova em www.atlas-trail.com


Onde posso saber mais sobre a prova, contactar a organização, tirar duvidas, etc.?


Email do embaixador português utat.pt@atlas-trail.com

Facebook da prova em Português: https://www.facebook.com/utat.portugal

Site oficial da prova www.atlas-trail.com

Facebook oficial da prova www.facebook.com/UTATofficielle


Dá para ir integrado na comitiva Tuga?



Se querem vir integrados no grupo de Portugal, certifiquem-se que no processo de inscrição aderem ao grupo Go Portugal. Vão precisar de uma password, que será fornecida a pedido. Caso não o tenham feito durante a inscrição, basta entrar em contacto e solicitar. 

Temos um grupo privado no Facebook ao qual terão acesso depois de se inscreverem, para combinarmos todos os pormenores, esclarecer duvidas, combinar a compra dos voos, etc.


Dá para aproveitar a viagem e conhecer mais de Marrocos?



Não só dá, como é altamente recomendado e temos 2 opções em que podem vir, juntamente com os restantes portugueses que participam. Uma viagem ao deserto do Sahara antes da prova e uma noite extra após a prova para conheceres Marraquexe.
Para virem no Tour ao deserto não precisam de vir fazer o UTAT. Basta inscreverem-se na viagem. Nesse caso em vez de ficarem na montanha no final, a viagem termina no aeroporto, ou poderão também ficar uma noite final em Marraquexe.


Podem e devem saber mais sobre estas viagens extra clicando aqui


Como é o local da prova, Oukaimeden? 



Oukaimeden é uma aldeia de montanha a 2700m de altitude que vive da neve e dos desportos de inverno, com um planalto e uma encosta enorme onde estão os meios mecânicos e as pistas de ski. Na altura da prova não há neve e a população é quase na totalidade constituída por quem vai ao UTAT.

O local quase não tem a vida própria de uma aldeia com os seus habitantes. Apenas existe um conjunto básico de infraestruturas. Tem algumas tascas típicas de Marrocos e uma ou duas mercearias onde poderão encontrar alguns produtos básicos, apenas. Oukaimeden fica apenas a 1h30 de Marrakech pelo que é perfeitamente possível aos locais desfrutarem dos desportos de inverno saindo de manhã cedo e regressando ao final do dia. Daí o reduzido desenvolvimento das infraestruturas locais. Claro que se pagando o preço certo, qualquer marroquino tratará de arranjar todo e qualquer item que vos falte, à boa maneira marroquina :)


Onde ficamos alojados?


O CAF é um albergue com ambiente e condições típicas dos albergues de montanha. Camaratas de vários tamanhos com beliches, ambiente de partilha. Saco cama é essencial e tampões para os ouvidos são recomendados, para os sonos mais sensíveis. 
Como o número de lugares no CAF é limitado, quem já não conseguir lugar ou simplesmente não quiser pagar o preço adicional de dormir lá dentro, terá acesso a todas as infraestruturas no CAF (bar e WC), mas terá de dormir cá fora num acampamento de tendas, montado pela organização. Prever saco cama bem quente e roupa extra para as frias noites da montanha. 

As refeições são servidas nas enormes tendas restaurantes que a organização monta para o efeito.


É seguro ir a Marrocos?


Completamente. Para além de seguro as pessoas são simpáticas e hospitaleiras. Rapidamente nos sentimos bem­-vindos e em casa.


Está calor?


Não. A 2700 m altitude estarão 10 graus durante o dia e bem menos à noite.

Como se arranja moeda local?


No aeroporto, podem levantar nas ATM’s com os vossos cartões Multibanco, ou trocar numa agencia de cambio. 1 Euro vale 11,2 Dirhams.

No local da prova não há ATMs. 

Também podem usar Euros, embora vos façam um cambio de 1€ por 10 Dirhams

O Dirham não tem valor fora de Marrocos nem conseguem cambiar por cá.



Caso achem que falta aqui alguma informação podem sempre deixar sugestões nos comentários e actualizo a página. E toca a treinar e fazer as malas!

Sem comentários:

Enviar um comentário