sábado, 5 de fevereiro de 2011

3 de Fevereiro - 2º Treino Lunar (Lua Nova)

Este 2º treino foi a consolidação do evento. Tinha alguma expectativa porque estas coisas por vezes correm muito bem à primeira vez.



Há uma série de gente que acarinha e faz um esforço para participar porque é a 1ª edição e nunca se sabe se vai haver a 2ª. Mas fiquei deveras surpreendido. Houve muita gente que veio de Lisboa e pela 1ª vez. Na duvida do local para estacionar deixaram o carro um pouco mais longe em vez de o trazerem até mesmo ás traseiras do restaurante. De modo que já estávamos por ali uns quantos e não paravam de chegar, mas houve alguém que disse que estava um grupo enorme mais atrás, junto ao restaurante Marrocos, que tinham estacionado ali. Quando lhe mostrei que era melhor para a logística posterior estacionarem mesmo nas traseiras do restaurante ele prestou-se a ir buscar o carro e avisar o resto do pessoal. Quando ao fim de uns minutos, já não éramos assim tão poucos como isso, mas chega aquela multidão de gente…. Uuooohhh!!!

Só contando na foto de família mas seríamos quase tantos como na 1ª edição. Com imensa gente nova e os repetentes do costume.

Desta vez tudo funcionou na perfeição e aproveitámos ao máximo a nova localização. A Lua, tal como previsto não existia. Alguma humidade extra mesmo junto ao mar. A temperatura que durante o dia tinha chegado aos 17º estaria agora por volta dos 8º ou menos. Num uma nuvem no céu. Desta vez uma Labrador acompanhava o dono e dava aquele toque especial ao treino.

Depois da foto de família que a Xana repetia em várias máquinas lá seguimos que se fazia tarde. Acabámos por sair por volta das 20h45. Marcámos as 21h30 como hora de retorno. Estivesse onde estivesse às 21h30 toda a gente inverteria o sentido e dirigia-se de novo para o Mar Puro.O areal estava diferente do ultimo treino. Nalgumas zonas havia pequenas poças ou riachos que descarregavam as ultimas poças para o mar. O meu novo frontal fez um sucesso. Como previsto aquela coisa apenas com 1 led impressiona pela quantidade de luz e pela largura do foco. Mas em grande parte do percurso eu preferi seguir sem qualquer luz. A noite fria garantia um céu estrelado magnífico. Naquela escuridão e com um céu limpo nem parece que estamos tão perto da cidade e de tanta poluição luminosa. Às tantas todos apagámos a luz e deixámo-nos ir deslumbrados por aquele céu estrelado magnífico, tão raramente visível. Diria um monte no Alentejo ou uma serra numa noite de verão para termos aquele espectáculo.


Seguia com um grupo com várias pessoas que ali estavam pela 1ª vez. Como é hábito o pessoal não consegue evitar o deslumbramento que é ir ali a correr praia fora, naquela paz, naquela sensação de liberdade. "Épá ainda bem que eu vim, que treino fantástico" Eram as expressões repetidas vezes sem conta.Passávamos várias poças, umas maiores outras menores, por vezes molhavam-se os pés. Já pouco importava, Quando demos por nós a Fonte da Telha já estava a ficar para trás. 21h30. Toca a voltar que o petisco está à espera. Uma pequena brisa Norte, já esperada e anunciada tornava agora a volta um pouco mais desafiante. Mas a meio do caminho o vento parou completamente. Seguia agora com o Ricardo e o Silvino, o team Abutrico foi na galhofa até ao final.


Ainda havia espaço para mais surpresas. Desta vez juntámos as mesas para se partilhar melhor os petiscos. Um fantástico bolo feito por um companheiro pasteleiro. Fresquíssimo e delicioso. As moelas e a morcela do Rui Silva, as gambas do Mário. O verde tinto sempre presente. O arroz doce do Orlando desta vez morreu ali. Donuts, fruta, tarte de legumes, paio, bola de carne, pão com chouriço e tanta coisa boa. Não me levem a mal se não referi alguma coisa que levaram. Estas são as que me recordo.


Bom e assim se passou mais uma magnífica noite diferente. É uma noite especial, que nos quebra a rotina, o ram ram, a uns mais que a outros. Todos temos as nossas para quebrar. Uns vêm de longe, outros preparam grandes petiscos, etc. O que é importante é a disposição com que todos nos apresentamos por ali. Prontos para um bom momento de exercício físico, cada um no seu ritmo e nível. Pouco importa se é a Jessica Augusto ou se vai apenas andar. Cada um tem o seu objectivo. E no fim celebramos mais um dia diferente.


Criei uma página no facebook para reunir toda a informação destes eventos. 

Gostem, visitem e participem.
Um agradecimento especial ao Mar Puro e ao Sr. Helder pela sua generosidade. Temos de pensar numa forma de retribuirmos o seu apoio a este evento. Começamos a dar algum trabalho...


Os 2 próximos calham à 6ª feira. Se o S. Pedro nos der uma ajudinha vamos pulverizar records.

Sem comentários:

Publicar um comentário