segunda-feira, 1 de junho de 2020

Bora lá ter com o Vicente (outra vez)


Está na hora de desconfinar, já não há mais paciência para bichesas e viroses. Por isso está na hora de mais uma aventura...

Já se podem tirar os planos das gavetas e voltar a sonhar. A pouco e pouco tudo vai voltando ao normal... bem... a um tal de "novo normal". 
Mais do que paranóias e exageros, há que ter bom senso e  fazer uma gestão racional dos riscos. Estar vivo é uma condição essencial para morrer. E como não podemos viver para sempre reféns, não temos outro remédio. Bora lá viver então!

Posto isto o que fazer para celebrar a vida? Partir à aventura, vá à mini aventura, vá para uma caminhada, pronto. O que fazer com um fim de semana gigantesco? Não se marcou nada porque primeiro era o Viriato, depois era a incerteza , e de repente, epa há que ir. Simplesmente, Ir!

Rota Vicentina

A rota vicentina dispensa apresentações. Toda a gente sabe o que é, e metade dessa gente diz que um dia a vai fazer. Mas se têm vivido numa caverna desde sempre (e não apenas há 3 meses), aqui fica um link para o site oficial.

O site está muito bem organizado com toda a informação necessária para planear o passeio.

O plano é simples. Fazer o Trilho dos Pescadores, sendo que nalguns locais mais para sul se pode optar pelo Caminho Histórico também. Alguns trilhos são mesmo comuns aos dois trajetos.

Para além do início da coisa ainda na 3ª feira ao final do dia. O resto será a Rota que nos vai dizendo o que devemos fazer. É o espírito da aventura da Via Algarviana que vai retornar. Levamos mochila e saco cama, o resto logo se vê.

Não há nenhum outro objectivo pré definido para além de passarmos uns bons momentos, desfrutar da costa, do mar, saborear os dias, sobretudo isso. Quando se acabar o tempo apanha-se a carreira de volta para casa. Até onde vamos chegar? Não é tão importante como a viagem. Não há um destino. Só mesmo desconfinar uns dias, respirar a maresia, viver ao sabor do improviso. 

Improvisar para fingir que a vida não é ela própria um improviso que nos leva a sítios, e a viver experiências. 

Venha ela!

Sem comentários:

Publicar um comentário