segunda-feira, 15 de março de 2010

14 de Março - Corrida das Lezírias

A corrida das Lezírias é uma clássica. Tem imensa gente a participar. É uma prova simpática em que as coisas piores são o empedrado e a subida da ponte de Vila Franca (para lá e para cá). O resto é um passeio junto ao Tejo, pelo campo, em piso misto, estradão de terra batida e trilho no regresso.

Nunca tenho grandes pretensões para esta prova. Vem sempre antes da Meia da Ponte, pelo que serve sobretudo para verificar se está tudo operacional com a máquina para na próxima semana as coisas correrem o melhor possível. Vou sempre com algum cuidado para não sofrer nenhum percalço que possa pôr a corrida da ponte em perigo.

Este ano passei pelo Miguel à ida para a Lezíria e ele não descolou. No regresso queria descansar um pouco, até porque vínhamos já com o vento a favor mas ele alcançou-me e veio ele a fazer de lebre. Não consegui resistir ao desafio. Aqui há uns tempos não me era possível fazer os tempos do Miguel. Desta vez viémos juntos  até ao final e até tive curiosidade em ir ver os tempos das edições anteriores. Sou eu que estou com uma boa forma ou ele que está mais roto? No way. O tempo que fizemos hoje é a minha melhor marca de sempre e muito perto da melhor dele. Tirei 5 minutos ao tempo do ano passado :)

Durante a prova tive saudades dos trilhos do Almourol e dos desafios constantes que nos eram pedidos, ao contrário da monotonia de correr em estrada. Até dá sono. Também tive saudades de descansar um bocadinho pois não aparecem subidas daquelas em que é impossível correr (pelo menos para mim). Mas à falta de melhor lá serve para ir arranjando espaço para a má vida.

Depois do esforço lá tivemos de ir receber o troféu, em forma de Sável com Açorda de Ovas. Que maravilha. O Restaurante Milénio está de parabéns. O melhor sável que já comi em Vila Franca. Também foi só o 3º...

Aqui estão as classificações.

Para a semana é a meia da ponte. É tempo de aniversários. A prova faz 20 anos. Para mim é também um momento de recordar que foi à 3 anos que me iniciei nesta vida. Lá nos encontramos. Não faltem!

Sem comentários:

Publicar um comentário