domingo, 11 de dezembro de 2011

4 de Dezembro - (Meia) Maratona dos Descobrimentos


Embora esta tenha sido a minha 1ª maratona (com o percurso final de 2009) não nutro especial interesse em fazê-la. E como vem sempre numa altura do ano associada a um período de recuperação, opto por descansar um pouco, baixar o nível de teinos, e já agora, baldar-me à maratona fazendo apenas metade. Já o ano passado foi assim. Prefiro desgastar-me para fazer a do Porto e descansar em Lisboa. Pancas! Para o ano logo se vê como vai ser.

De qualquer forma fui deixar o carro na partida a tempo de ver partir o pessoal da Maratona, tirar umas fotos e filmar a partida. Podem ver o filme aqui

Depois e dado que o Metro este ano já é a pagar, ocorreu-me a brilhante ideia de fazer os 7Kms até à Ribeira a correr. Que bela ideia. Às vezes têm de nos abanar um pouco para vermos as coisas por outro prisma. Fiquei fã deste circuito. Sabe mesmo bem descer a Av. de Roma, a Guerra Junqueiro e a Almirante Reis. Quando damos por nós estamos no Terreiro do Paço, Cais Sodré à vista e a Ribeira ali ao lado. Simples óbvio e elementar, como diria o outro do cachimbo. Com a companhia da minha cunhada de bicicleta, que ia apoiar o meu irmão na 2ª parte da maratona, lá fomos.



No caminho ainda vejo o Zé Santos passar de carro mas não percebi o que disse, nem percebi onde ia de carro. 

Chegado à partida da meia, chega o Zé. Tinha chegado muito em cima da hora à partida e com o transito cortado foi pôr o carro sabe-se lá onde e foi a correr para baixo também.Depois veio atrás e mim e quase chegava ao mesmo tempo. Ainda deu tempo de encontrar os meus colegas de equipa. Para a Rita era uma estreia esta distância. Excelente atitude a dela. Eu levava a máquina fotográfica na mão e estava mais interessado em fotografar do que em fazer um bom tempo. Sem stress, podcast nos ouvidos e lá fomos. Ia tentando fotografar os amigos mas não é fácil ter tempo para tudo, principalmente quando nos cruzamos. 

A prova não teve grande história até chegar à rua da prata e passar por mim a Lúcia. Ia adormecido naquele ram ram e passa ela com grande gás. Disse-lhe que ia muito bem. Mas em vez de a deixar fugir meti uma abaixo e fui atrás. Sempre servia para acordar um pouco. Vinha sem qualquer pretensão e até estive parado com o Zé Sousa num abastecimento em Belém. O Zé estava a comer o abastecimento inteiro. Mas ali a subir a Almirante Reis estava animado o ritmo. Vejo a Dina e a Iolanda no Martim Moniz e volto atrás para uma foto. Teve azar a Iolanda.

Retomo a perseguição à Lúcia. Agora 50 metros à frente. Aperto com a máquina e começo a ver o Zé Santos. Mais um incentivo. Perto da Alameda alcanço o Zé e vamos ali os 3 por perto. Estava a sentir-me bem e fico com o Zé. Atacamos a ultima subida antes da praça do Areeiro, quando a coisa fica mesmo dura. Pica-me a mosca e disparo num sprint até à praça do Areeiro onde espero pelo Zé para uma foto. 
E seguimos juntos dali até à meta. Faltavam talvez 800m para chegarmos quando lhe pergunto quanto tempo temos (o meu relógio tinha ficado sem bateria). 1h35. Sóóóóó. Vamos a um sprint final para ficarmos abaixo das 40? Primeiro disse que não mas lá se animou com a descida e viemos a bombar até à meta. 1h40m e uns pós. Mas descontando o tempo da partida foi 1h39 e qualquer coisa. Record para o Zé. E logo numa meia com 3Km a subir. Eu também fiquei surpreendido com o meu tempo. Afinal tinha vindo no maior dos descansos e também fiz o meu melhor tempo !?!? E esta hein :)
O descanso dos guerreiros

Na zona da meta ainda pude a assistir ao José Carlos Melo a festejar efusivamente algo (depois vim a saber que tinha feito menos de 3h30) a dar um banho de isotónico (sem querer claro) a um companheiro que estava no local errado à hora errada. Parabéns também para ti Melo. Impressionante essa máquina de correr.

Aos meus colegas Rui e Rita também os meus parabéns. O Rui pulverizou o seu tempo anterior na meia e a Rita teve uma estreia muito promissora. Acima de tudo no dia seguinte era visível a sua felicidade pela participação na prova, que é o mais importante!

Vejam as 161 fotos que tirei durante a prova no facebook.

Sem comentários:

Publicar um comentário