segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Vais para a pista? Já podes levar o GPS


Lembram-se do artigo que escrevi sobre esquecer o GPS e usar antes um cronómetro, nos treinos numa pista de atletismo? Pois há novidades fresquinhas.
Depois de constatar que o GPS numa pista de atletismo é praticamente inútil, estudei um pouco o tema fiz uns testes e percebi a razão. Na altura escrevi um artigo que podem ler ou reler neste post.

Pois a Garmin, à semelhança do que já tinha feito a Coros, desenvolveu um novo modo específico para correr numa pista de atletismo, que supostamente evita o erro que ocorre quando correm em pista. 

Se já foram com o vosso GPS para uma pista já viram que o traçado final do percurso não corresponde à realidade. Parece sempre que andaram ali a varrer as pistas todas, até umas voltinhas pela relva, etc.

Agora, selecionando o modo Track Run, na primeira vez numa pista, dão 2 voltas e gravam a atividade. O relógio vai ficar a conhecer essa pista específica. Por defeito a precisão já é muito boa, mas fazendo este processo, a precisão será máxima nos vossos treinos seguintes, sendo que o relógio grava informação específica de cada pista.

Agora tenho boas notícias e más notícias. A boa notícia é que, se têm um Garmin 245, 945 ou um Fenix 6, vão ter acesso a esta funcionalidade. Já está disponível em versão beta para o 945.

A má notícia é que, para além do 745 (o novo Garmin que estreou esta funcionalidade out of the box), a geração anterior não terá acesso a este update, tal como não tem tido a quase nada. 

Tal como vos tinha dito na minha análise do Garmin 945 que podem recordar neste link esta geração tem um CPU muito mais poderoso e uma arquitetura idêntica à série Fenix 6. Por isso tem recebido quase todas as novas funcionalidades que têm estado a ser lançadas nos novos modelos. Confirma-se assim que o 945 foi uma excelente escolha. 1 ano e meio depois do seu lançamento continua imbatível, atualizado e a receber todos os updates. 

Enquanto não sai a versão final (que aparecerá um dia destes automagicamente no relógio durante o vosso sono) podem sempre instalar a versão beta, se for a vossa onda, aqui.

Agora vou ali ver se encontro uma pista aberta para poder testar a funcionalidade e depois atualizo o artigo com os resultados.

Sem comentários:

Publicar um comentário